Carregando...
 

Aula 6 28 de março de 2019 noite

Sociologia da Educação I 2019103 Noite prof Elie Ghanem

Aula 6 28 de março de 2019 Problemas da educação escolar


  • Panelão – Conversa com profissional

  • Panelão – explicação do professor sobre problema

Panelinhas Problemas da educação escolar. Respostas das panelinhas

  • Panelão
Apresentação dos resultados das panelinhas; palavra aberta

  • Panelinhas – Perguntas a partir de BERGER, Peter L., BERGER, Brigitte. O que e uma instituição social? In : FORACCHI, M. M., MARTINS, J. S. (Orgs.). Sociologia e sociedade. Rio de Janeiro : Livros Técnicos e Científicos, 1977. p. 193-199

  • Panelão - Apresentação dos resultados das panelinhas; palavra aberta

  • Esquema do texto (BERGER; BERGER, 1977, p. 193-199)

Instituição social


Padrão de controle
Programação da conduta individual imposta pela sociedade
Uso comum: organização (uma escola, um hospital...); grandes “entidades sociais” (a economia, o Estado...)

A linguagem (palavras) é a primeira instituição na biografia do indivíduo


A linguagem é a instituição fundamental porque qualquer outra se funda em seus padrões de controle
A linguagem faz a objetivação da realidade (nomeia objetos e relações entre eles; estabiliza papéis)

Papéis: padrões repetitivos de conduta


Fixações linguísticas da ação alheia são condição para “assumir o papel do outro”
A linguagem interpreta e justifica a realidade (padrões dominantes de conduta)
Papéis representam instituições

Exterioridade (em relação aos pensamentos, sentimentos e fantasias do indivíduo) da instituição

Objetividade da instituição (todos ou quase todos admitem sua existência de maneira determinada)

Coercitividade da instituição (o desvio do padrão de condutas sofre sanções negativas)

Autoridade moral da instituição (o desvio do padrão de condutas é ilegítimo: provoca sentimento de vergonha e culpa)

A instituição muda constantemente (como resultado difuso da ação de inúmeros indivíduos)


  • Atividade individual ou coletiva de pesquisa

  • Leitura de apoio

CORAGGIO, J. L.; TORRES, R. M. Educação básica. In: La educación según el Banco Mundial: un análisis de sus propuestas y médios. Buenos Aires: CEM-Miño y Dávila Editores, 1997. (Galerias de Arquivos: CORAGGIOeTorresEducacaoBasica1997)

GHANEM, Elie, SANTOS, Milton Alves. Alguns significados destacados da ideia de educação integral. São Paulo, 2009. 12 p. (Galerias de Arquivos: 2009educacaoIntegralParaLABSocial16mar)

MEIRELES, Cecilia. Teatro e educação. 2 p. (Galerias de Arquivos: MEIRELESceciliateatroEeducacao)

EDF0113 03 Aula 6 28 de março de 2019 Noite Opinião

  • Para a Aula 7 4 de abril de 2019 Problemas da educação com meios de comunicação de massa
ABRAMO, P. Pesquisa em ciências sociais. In: HIRANO, S (Org.). Pesquisa social: projeto e planejamento. São Paulo: T. A. Queiroz, 1979, p.19-87. (Galerias de Arquivos: ABRAMOpesquisaEmCienciasSociais1979)

ROCCO, Maria Thereza Fraga. Televisão e educação: um canal aberto. In: FIGUEIREDO, Vera Lúcia Follain. Org. Mídia & educação. Rio de Janeiro: Gryphus, 1999. p. 51-73 (Galerias de Arquivos: ROCCOtelevisaoEeducacao1989)

DURKHEIM, Émile. Conseqüência da definição precedente: caráter social da educação. In: Educação e sociologia. 3. ed. Tradução de Lourenço Filho. São Paulo: Melhoramentos, 1952. p. 32-36 (Galerias de Arquivos: DURKHEIM0102consequenciaDefinicaoEducacaoP32a36)