Carregando...
 

2016 EDF5049-4 Mudança educacional Todos os textos

EDF5049-4 Mudança educacional: inovação e reforma - prof Elie Ghanem
Todos os textos


ADAMS, Richard Newbold, GILLIN, John P., HOLMBERG, Allan R., LEWIS, Oscar, PATSCH, Richard W., WAGLEY, Charles. Mudança social na América Latina. Tradução de Victor M. de Moraes. Rio de Janeiro: Zahar, 1967.

APPLE, M. W. What reform talk does: creating new inequalities in education. Educational Administration Quartely, 24(3), 272-81, 1988.

APPLE, Michael W. Nota prévia. in: APPLE, Michael W. Política cultural e educação. Tradução de Maria José do Amaral Ferreira. São Paulo: Cortez, 2000. p. 7-8

APPLE, Michael W. Prefácio. in: APPLE, Michael W. Política cultural e educação. Tradução de Maria José do Amaral Ferreira. São Paulo: Cortez, 2000. p. 9-24

ARANTES, Jorge Tadeu. Livro conta história da autoafirmação cultural de jovens das periferias. Agência Fapesp, 14 de maio de 2018. Disponível em: http://agencia.fapesp.br/livro_conta_historia_da_autoafirmacao_cultural_de_jovens_das_periferias_/27789/. Acesso em: 15 de maio de 2018.

AZANHA, J. M. P. Uma idéia de pesquisa educacional. São Paulo: Editora da Universidade de são Paulo, 1992. p. 1-71

BOWLES, S., GINTIS, H. Schooling in capitalist America. Nova Iorque: Basic Books, 1976.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. DEPARTAMENTO DE ENSINO MÉDIO & FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS. DEPARTAMENTO DE PESQUISAS EDUCACIONAIS. Inovação educacional: mapeamento bibliográfico. São Paulo, 1978. 538 p.

BRUNER, J. O processo da educação. São Paulo: Nacional, 1968.

CARBONELL, Jaume. A aventura de inovar: a mudança na escola. Tradução de Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed, 2002. 120 p.

CARDOSO, Fernando Henrique. Mudanças sociais na América Latina. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1969.

CRAFT, A. The limits to creativity in education: dilemmas for the educator. British Journal of Educational Studies, v. 51, n. 2, jun 2003, p. 113-127.

DALIN, P. Stratégies d’innovation dans l’enseignement. In: ORGANIZATION DE COOPÉRATION ET DE DÉVELOPPEMENT ÉCONOMIQUES. CENTRE POUR LA RECHERCHE ET L’INNOVATION DANS L’ENSEIGNEMENT. Études de cas d’innovation dans l’enseigement. v. IV. Paris: 1973. 347 p.

DURKHEIM, Émile. Definição de educação. In: . Educação e sociologia. 3. ed. Tradução de Lourenço Filho. São Paulo: Melhoramentos, 1952. p. 29-32

EISENSTADT, S.N. Modernização: protesto e mudança: modernização de sociedades tradicionais. Tradução de José Gurjão Neto. Rio de Janeiro: Zahar, 1969.

FERNANDES, Florestan. Mudanças sociais no Brasil: aspectos do desenvolvimento da sociedade brasileira. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1960.

FERRETTI, C. J. A inovação na perspectiva pedagógica. In: GARCIA, W. E. (Coord.). Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1980. p. 55-82.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. 26. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

FULLAN, M. G., STIEGELBAUER, S. The new meaning of educational change. 2. ed. Londres: Cassell, 1992. 401 p.

GARCIA, P. B. Educação: modernização ou dependência? Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1977.

GARCIA, W. E. (Coord.). Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1980. 264 p.

GARCIA, W. E. Legislação e inovação educacional a partir de 1930. In: (Coord.). Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1980a. p. 205-234

GERMANI, Gino. Política e sociedade numa época de transição: da sociedade tradicional à sociedade de massas. Tradução de Eurico de Lima Figueiredo e José Jeremias de Oliveira Filho. São Paulo: Mestre Jou, 1973.

GHANEM, E. Mudança educacional: inovação e reforma: relatório científico 2: final. São Paulo, 2006. 588 p.

GHANEM, Elie. Sobre o plano estadual de educação de São Paulo: democracia como significado de qualidade. São Paulo, 3 de dezembro de 2008. 8 p.

GIDDENS, Anthony. As conseqüências da modernidade. Tradução de Raul Fiker. São Paulo: Unesp, 1991.

GOLDBERG, M. A. Inovação educacional: a saga de sua definição. In: GARCIA, W. E. (Coord.). Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1980. p. 183-194

GOLDBERG, M. A. Inovação educacional: grandezas e misérias da ideologia. In: GARCIA, W. E. (Coord.). Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1980. p. 235-243

GOLDBERG, M. A., FRANCO, M. L. P. et allii. Inovação educacional: um projeto controlado por avaliação e pesquisa. São Paulo: Cortez & Moraes; Fundação Carlos Chagas, 1980. 434 p.

HAVELOCK, R. G., HUBERMAN, A. AM. Innovation et problèmes de l’education: théorie et réalité dans lês pays em développement. Paris: Unesco, 1980. 410 p.

HEMPEL, Carl Gustav. Filosofia da ciência natural. 2. ed. Tradução de Plínio Sussekind Rocha. Rio de Janeiro: Zahar, 1974. p. 9-31

HOENISH, Steve. Durkheim and educational systems. Criticism.com. , nov. 2005. http://www.criticism.com/philosophy/durkheim-on-education.html

HUBERMAN, A. M. Como se realizam as mudanças em educação: subsídios para o estudo do problema da inovação. Tradução de Jamir Martins. São Paulo: Cultrix, 1976. 121 p. (publicado pela Unesco em 1973)

IANNI, Octavio. Teorias da globalização. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1995.

KILPATRICK, William Heard. Educação para uma civilização em mudança. 4. ed. Tradução de Noemy S. Rudolfer. São Paulo: Melhoramentos, 1964. (1. ed. de 1932)

LOPES, Juarez Rubens Brandão. Desenvolvimento e mudança social: formação da sociedade urbano-industrial no Brasil. 3. ed. São Paulo: Nacional, 1976.

MOREIRA, J. Roberto. Hipóteses e diretrizes para o estudo das resistências à mudança social, tendo em vista a educação e a instrução pública como condições ou fatores. Curitiba: Associação de Estudos Pedagógicos, 1959.

PARSONS, C., FIDLER, B. A new theory of educational change – punctuated equilibrium: the case of the internationalization of higer education institutions. British Journal of Educational Studies, v. 53, n. 4, dec 2005, p. 447-465.

POPPER, Karl. Lógica das ciências sociais. Tradução de Estevão de Rezende Martins, Apio Cláudio Muniz Acquarone Filho e Vilma de Oliveira Moraes de Silva. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro; Brasília: UnB, 1978. 101 p.

SAVIANI, D. A filosofia da educação e o problema da inovação em educação. In: GARCIA, W. E. (Coord.). Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1980. p. 15-29

SEMINÁRIO (29 de junho a 5 de julho de 1969, Cambridge). A administração da inovação no ensino. Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, 1972. 66 p.

SILVER, H. Managing to innovate in higher education. British Journal of Educational Studies, v. 47, n. 2, jun 1999, p. 145-156.

SINGER, Helena. Durkheim: a educação como fator de normatização. In: República de crianças: sobre experiências escolares de resistência. Campinas: Mercado de Letras, 2010.

SINGER, Helena. Foucault: a educação como fator de sujeição na sociedade disciplinar. In: República de crianças: sobre experiências escolares de resistência. Campinas: Mercado de Letras, 2010.

TEDESCO, Juán Carlos, TORRES, Rosa María. A modo de síntesis del foro. In: TORRES, Rosa María (Org.). Gestión de la transformación educativa: requerimientos de aprendizaje para las instituciones. Buenos Aires: IIPE-Unesco, 1999. p. 8-10

TORRES, Rosa María (Org.). Gestión de la transformación educativa: requerimientos de aprendizaje para las instituciones. Buenos Aires: IIPE-Unesco, 1999.

TORRES, Rosa María. Sistema escolar y cambio educativo: repasando la agenda y los actores. 2003. www.fronesis.org .

TOURAINE, Alain. Crítica da modernidade. Tradução de Elia Ferreira Edel. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 1994.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. FACULDADE DE EDUCAÇÃO. Proposta do programa. São Paulo, 2017. 45 p.

VALLE, Ione Ribeiro. O lugar da educação (escolar) na sociologia de Pierre Bourdieu. Rev. Diálogo Educ., Curitiba, v. 13, n. 38, p. 411-437, jan.-abr. 2013.

WANDERLEY, L. E. W. Parâmetros sociológicos da inovação. In: GARCIA, W. E. (Coord.). Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1980. p. 30-54

WARDE, M. J., RIBEIRO, M. L. S. O contexto histórico da inovação educacional no Brasil. In: GARCIA, W. E. (Coord.). Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1980. p. 195-204


Contribuíram para esta página: Elie Ghanem .
Última modificação da página em Terça-feira Maio 15, 2018 09:49:40 -03 por Elie Ghanem.